Palavras ao vento.

01 agosto 2013

"Hoje mais uma vez, encontro um refúgio dentro de cada palavra que escrevo. Gosto de escrever e deixar as palavras serem levadas pelo vento, para que elas possam tocar os corações daqueles que tanto precisam. Dentro de cada palavra existe uma história, existe um pouco de cada um de nós, um pouco de mim, um pouco de você. As palavras têm o poder de aliviar corações e curar as feridas da alma."

Uma vez me perguntaram: "por que você gosta de escrever?" Então, eu não soube responder. Fiquei dias pensando em uma resposta, tentando entender o verdadeiro significado pelo qual eu gostava de escrever. Foi então que eu percebi que, as palavras faziam parte da minha vida, faziam parte de mim. Não existe um motivo pelo qual eu escrevo, eu escrevo apenas porque faz parte de mim. Escrevo porque através da escrita eu consigo me encontrar, consigo entender o que ninguém é capaz de compreender. Através de pequenas palavras, eu consigo me livrar de tudo aquilo que me assombra, de tudo aquilo que me faz mal. Enfim, escrever faz parte de quem eu sou. Parece confuso, né? Mas, não é. 

Todos dizem que eu sou complicada demais. Mas, eu realmente sou. Eu sou um poço de qualidades e defeitos ocultos, dos quais ninguém conhece. Acredito que sou complexa demais, por isso, é tão difícil as pessoas me entenderem. Sou uma pessoa intensa, simples e diferente. Tenho meus problemas, mas quem é que não tem, né? Já errei muito tentando acertar. Já sorri muitas vezes querendo chorar. Já fui forte muitas vezes, mesmo estando fraca. Resumindo: sou uma pessoa complicada demais para qualquer um entender. Esse é o motivo pelo qual a escrita me ajuda. Porque, por mais que dentro de mim haja uma confusão de pensamentos e sentimentos, com um pedaço de papel e uma caneta na mão, tudo muda, tudo se transforma, tudo se ajeita. 

As pessoas acreditam que, por eu ser assim, eu vivo em um mundo encantado. Mas, não é verdade. Todos acham que eu estou a procura do meu príncipe encantado e almejando viver uma história de conto de fadas. Sabe por quê as pessoas acham isso? Porque eu sou intensa demais, não sei sentir pela metade, não aprendi ainda sentir na dose certa, eu sempre acabo exagerando na dose de sentimentos, fazendo com que tudo transborde, e assim, acabo perdendo. Minhas atitudes assustam as pessoas, minhas palavras também. Quando me expresso com intensidade, todos me consideram uma maluca, uma menina iludida com histórias de romances. Talvez, eu devesse parar de ser assim. Mas, acho que já estou mudando. 

Muitas pessoas me odeiam por eu ser assim, da mesma forma que, muitas pessoas me amam pelo mesmo motivo. Mas, aprendi que, certas coisas não precisam ser ditas, certas coisas podemos deixar guardadas apenas para nós mesmos, pois as pessoas não iriam entender mesmo. Você não precisa expor o que está sentindo, não precisa dizer a ninguém, apenas escrevendo e deixando o vento levar as palavras para longe, longe de você mesma. Abir a janela e sacudir a poeira do coração. Aprender a ser feliz com aquilo que você já possui. Existem algumas regras para se sentir melhor, das quais as pessoas se esquecem muitas vezes. 

Quantas vezes você usou alguma rede social pra postar aquela frase com uma tamanha indireta, para ver se assim, você chamava a atenção dele? Calma, eu não estou te julgando, não. Eu mesma, já cometi esse erro várias e várias vezes. Mas, saiba querida, que você não precisa passar por isso. Não precisa postar textos, frases e fotos com alguma indireta para ele. Pois, ele pode até ler, mas não irá se importar, e pode até acabar querendo se afastar mais de você ainda. Mas, não é por isso que você irá deixar de escrever. Escreva sim, pois assim, você irá se livrar de tudo isso que tá te fazendo mal, porém, não poste como indireta para ele em uma rede social. Deixe em um pedaço de folha do seu caderno, ou em seu diário virtual, mas conhecido como: tumblr ou blog. Se ele ler, é porque fica procurando suas coisas. Mas, você não estará colocando para todos os seus "amigos" lerem e depois ficarem te criticando. Você estará apenas ajudando outras pessoas, que muitas vezes você não conhece.

Enfim, sou essa pessoa complicadinha e imperfeita, que só quer viver sua vida com simplicidade. Uma pessoa que muitas criticam, mas poucos conhecem. O conselho que dou a vocês é: sejam felizes, se amem, se valorizem, se respeitem. Se coloque em primeiro lugar. Haja com cautela diante de algumas situações. Seja madura o suficiente para aceitar as coisas como elas são. Seja feliz com o que você tem, e procure realizar seus sonhos, mas sempre com os pés no chão. Valorize aqueles que te fazem sorrir. Aproveite os pequenos momentos, pois eles trazem a verdadeira felicidade. Querida, seja feliz, seja você. Viva por você e não por um amor. Aprenda com os seus erros. E jamais desista, pois você é uma guerreira, permaneça forte. Vista a sua armadura, arrume sua vida, seu coração. Mantenha ele trancado, lembre-se que a chave está contigo. Não deixe qualquer um possuir acesso ao seu coração. Se a pessoa passar por todos os obstáculos até chegar no seu coração, é porque ela merece um lugarzinho dentro dele. Caso ao contrário, nem permita que ela entre, pois assim, você evita muitas coisas, e uma delas é se magoar e se iludir. Apenas, seja forte e feliz. 


4 comentários:

  1. que texto lindo!
    bjos ❤
    http://menina--estilosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii Lindonaa *.*
    Amei o texto, super lindo.
    Retribuindo a visitinha e já seguindo ;)
    Mega Beijoo !

    www.belezaabsolluta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Noossa vc escreve muito *-* visita? http://ogarotodoespaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir