O fim?

14 janeiro 2017


Bastou apenas uma palavra para vomitar todos aqueles nós na garganta. Tudo aquilo que foi guardado agora foi dito e tudo o que vivemos acabou em uma simples discussão boba, uma das muitas que a gente teve. Mas, as palavras machucam e muitas vezes não podem ser esquecidas. Tenho meu coração feito em pedaços. Aquele amor que me fez tão feliz é também o que hoje me faz passar noites chorando. Eu não sei o momento exato em que perdemos a cor, em que tudo começou a mudar. Nós não somos mais aqueles dois adolescentes de quando começamos a namorar. Você mudou e eu também. Houveram muitas circunstâncias que nos levaram a crescer e mudar, mas nesse caminho acabamos deixando de lado a nossa relação e começamos a ficar cada vez mais distantes.

Ainda lembro de você como aquele garoto tímido que em uma noite me pediu em namoro com aquele jeito fofo e amoroso, ainda lembro de você dizendo sempre que me amava, ainda lembro dos nossos beijos e abraços. Mas infelizmente tudo isso foi mudando com o tempo. Você que antes era tão calmo hoje se estressa por qualquer palavra que eu digo. E eu que antes era normal, hoje tenho uma doença que se tornou motivo das nossas brigas.

Colocar um ponto final em uma história quando ainda há amor não é nada fácil. Porém só amar não é suficiente em uma relação. Quem me dera que o seu abraço e suas palavras pudessem apagar todas as nossas discussões e tudo aquilo que nos machucou. Agora é tarde para tentarmos. Vemos deixar o tempo apagar todas as feridas, vamos deixar que ele decida se é melhor ficar longe ou perto. A vida é imprevisível e quando é para dar certo a vida sempre dá um jeito de juntar os caminhos. E sei que se for da vontade de Deus um dia nós iremos ficar juntos novamente. Nós precisamos desse tempo. Precisamos descobrir quem somos de verdade.

Quero que saiba que eu amo você e que sempre terá um lugar em meu coração. Apesar de todas as nossas brigas, houve momentos que fui muito feliz ao seu lado. Quero te agradecer por tudo o que fez por mim, apesar de muitas vezes ser contra a sua vontade, você sempre tentou fazer tudo por mim. Obrigada por esses 2 anos e 7 meses. E claro, me perdoa por todas as vezes que eu também te magoei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário